A reunião oficial APH-ALARM de lançamento foi realizada em 15 de junho de 2020. Infelizmente, devido às restrições da Covid-19, ainda não foi possível realizar uma reunião presencial, tendo todas as reuniões até agora sido realizadas à distância.

Durante o outono de 2020, uma análise de lacunas (gap analysis) e questionários sobre as necessidades dos utilizadores finais foram realizados. A análise de lacunas se concentrou nos recursos dos três países participantes, aplicações que têm como objetivo ajudar pessoas com afasia, bem como programas internacionais. As questões quantitativas e qualitativas do questionário foram divididas em três tópicos: dados pessoais (idade, escolaridade, família...), dados relacionados com AVC (quando ocorreu o AVC, quando chegou ao hospital, grau de afasia...) e dados relativos ao seu tempo livre e à utilização de dispositivos eletrónicos. A análise de lacunas e os questionários foram conduzidos pelos três parceiros representantes de utilizadores finais, Associação Aphasie (HU), Universidade de Aveiro (PT) e Universidade Técnica de Viena (AT). Seis afásicos austríacos, 30 húngaros e nove portugueses participaram nos questionários. A situação da COVID-19 dificultou esta tarefa, especialmente a inclusão dos utilizadores finais, mas no final correu tudo bem e todos os parceiros conseguiram incluir o número de pessoas que tinham planeado. Foi feita uma análise dos resultados obtidos nos três países. Além disso, foram realizadas entrevistas com terapeutas que trabalham com pessoas afásicas. Cenários envolvendo utilizadores final e personas foram criados, bem como o site oficial do projeto. Os desenvolvimentos técnicos também tiveram início.